Os países menos visitados do mundo

Os países menos visitados do mundo

Liechtenstein: apesar de ser um país vizinho de dois dos destinos mais visitados da Europa, a Suíça e a Áustria, ainda é extremamente pouco explorado por turistas. Para efeito de comparação, a cidade de Barcelona, por exemplo, recebe quase 30 milhões de turistas ao ano enquanto Liechtenstein conta com menos de 80 mil visitantes anualmente.

O local é bastante fotogênico e cercado por inúmeras montanhas, possibilitando durante o inverno a prática de esqui e no verão, trilhas. A capital do país é chamada Vaduz e sua principal atração é o Castelo de Vaduz (localizado no topo de uma montanha), que é a atual residência do príncipe de Liechtenstein.

Moldova: diferente de outros países do Leste Europeu (Romênia, Croácia e a Bósnia, por exemplo), Moldova quase não atrai visitantes. No ano de 2017, menos de 135 mil turistas estrangeiros passaram por ali! Além de contar com paisagens naturais lindíssimas, o local é cheio de sítios arqueológicos com artefatos e outros aspectos históricos que fazem referência às épocas de Cristo, por exemplo.

A poucos quilômetros da capital Chisinau, há uma das principais atrações da região, onde localiza-se o Orheiul Vechi, com pequenos vilarejos ao redor do rio que percorre entre as montanhas. Além disso, o local também é um produtor de vinhos de referência. Ou seja, há possibilidade de visitar algumas vinícolas livremente. 

Timor Leste: trata-se de uma antiga colônia portuguesa localizada no Continente Asiático. Diferente da Tailândia, por exemplo, que recebe mais de 30 milhões de visitantes anualmente, o Timor Leste conta com menos de 90 mil turistas por ano.

A maioria não sabe mas, apesar de o local não possuir uma infraestrutura turística tão desenvolvida quanto a dos países vizinhos, é responsável por abrigar praias paradisíacas que ainda não foram descobertas. As águas são cristalinas, ideais para mergulho e a areia para lá de branca! Na capital, a Praia da Areia Branca e a One Dollar Beach podem ser passeios interessantes. Mas adiantando, a praia não será somente para você, como a Ilha de Jaco.

Montserrat: apesar de fazer parte de um dos locais mais visitados do mundo, o Caribe, trata-se da Ilha menos explorada pelo turismo de massa na região. O território é britânico e recebe menos de 10 mil visitantes por ano! Os cenários são divididos entre praias paradisíacas e montanhas com vulcões em inatividade. Há menos de 5 mil moradores locais, o que torna Montserrat ainda mais tranquilo. Além disso, disponibiliza diversos pontos de mergulho e snorkel. 

Anguilla: assim como Montserrat, trata-se de outro território britânico na região do Caribe. Segundo a Organização Mundial de Turismo, o local recebe aproximadamente 80 mil turistas ao ano, sobretudo vindos da República Dominicana. Ao contrário do que muitos pensam, trata-se de um local com uma excelente estrutura turística! Algumas praias possuem hotéis de luxo, resorts, restaurantes e outras dependências. As maiores atrações por lá são: Sandy Ground e Shoal Bay. 

Anguilla

Kiribati: trata-se de uma ilha no meio do Oceano Pacífico que é visitada por menos de 10 mil visitantes ao ano. O cenário pode ser considerado como o padrão de viagem para muitas pessoas. São águas extremamente calmas e cristalinas, com areia branquíssima. Para lá de convidativo, sobretudo se o assunto forem os mergulhos! Além disso, ainda há arquipélagos que registram a história de batalhas que foram travadas durante da Segunda Guerra Mundial! 

Nive: assim como Kiribati, esta Ilha no Pacífico também recebe menos de 10 mil visitantes por ano. A população local é de aproximadamente 2 mil pessoas! Nive oferece belos cenários para os amantes de mar, sobretudo porque as águas possibilitam mergulhos, nado e na orla, é possível contar com grandiosas cavernas e outras pedras de corais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *